Como adaptar looks para gravidez e amamentação

Tanta roupa boa que deixa de ser usada na gravidez e na amamentação, não é mesmo? Não precisa ser assim. Com alguns acessórios, nenhuma barriga de gestante ou pós-parto precisa passar frio. É só incluir no guarda-roupa uma faixa para as barrigudinhas ou uma camiseta base para as mamães.

Sabe aquela vontade de abrir o botão das calças jeans pra encaixar a barriga? Na gestação não é um capricho depois do almoço, é uma necessidade por bem mais tempo. Com o Mammybelt, é possível abrir o botão com estilo e protegendo a barriga. Nesta loja online, eles vendem nas cores básicas e também faixas avulsas coloridas ou com detalhes charmosos, como rendinhas.

como usar o mammybelt

como usar o mammybelt

Não enfrentei o inverno grávida, então não precisei usar roupas de frio com o barrigão e não conhecia o acessório na época, digo sem experimentar. Deve funcionar melhor com calças que já são de cintura baixa. Mais para o final da gravidez, além do barrigão enorme, o quadril naturalmente fica mais largo para preparar o corpo para o parto – aí certamente roupas mais apropriadas para gestante ou leggings e calças de cotton ou de tecidos mais maleáveis devem ser mais confortáveis e indicados. Mesmo assim, a faixa economiza gastos desnecessários no começo da gravidez, quando a gente nem tem total noção do tamanho que a barriga vai ficar.

E depois, para amamentar, acabamos nos limitando a cardigans, camisas e blusas que abrem na frente. Com uma camiseta base, como o modelo da Samba Calcinha, as blusas cacharel, os blusões de lã e as camisetas podem continuar em uso. É só levantar a blusa sem vergonha, que ali está a segunda pele já com a abertura para o sutiã de amamentação. Prático e quentinho. Aproveitem que a Samba Calcinha está liquidando esta semana!

camiseta base para amamentação

 

Leia mais:
Outro acessório coringa: o colete
Figurino de mamãe
Brechós para mamães e bebês
Resenha da Samba Calcinha

Advertisements

Vida longa

Neste primeiro aniversário do blog (eeeeeê!), além de relembrar o que me motivou a escrever e compartilhar os textos aqui, destaco os acessórios coringa, que dão vida longa às roupas e renovam o figurino da mamãe e dos bebês. E são os leitores que ganham presente: mais um sorteio!

20140108-220903.jpg

Estou à procura de uma peça que permitirá que eu reaproveite vestidos de alcinha e tomara-que-caia do verão passado (da gravidez) para amamentar neste verão e não me preocupar com as alças do sutiã. Essa peça-chave é um colete, que só não pode ser muito cavado. Ele quase sumiu das coleções de verão, mas quem tem uma jaqueta em casa pode transformá-la num.

20140108-220928.jpg

Se existe um acessório que pode dar vida longa às roupinhas do bebê e facilitar a vida dos pais adeptos às fraldas de pano modernas é o extensor de body. Sabe aquele período em que o bebê deu uma espichada no comprimento, mas o tamanho seguinte ainda parece grandinho? Aí também o extensor se encaixa muito bem. A brasileira BabyBio fabrica extensores de body com dois e três botões de pressão, em branco, preto, azul ou rosa.

Hoje o Blog da Mamãe Sustentável completa um ano. Para celebrar e desejar longa vida ao blog, vou sortear com a BabyBio dois extensores brancos. O modelo de dois e o de três botões de pressão. Para se inscrever, neste link, me conte sobre o que gosta ou gostaria de ler por aqui.

Como funcionam as fraldas de pano

Uso e Acessórios – montando um kit

fraldas de pano

As fraldinhas de pano modernas são como uma calcinha, disponíveis em diversas estampas e tecidos lindinhos. Elas devem ser usadas com um recheio absorvente e podem ter uma cobertura ou forro. Seu formato se assemelha ao de uma fralda descartável. Para o fechamento, em vez de fita adesiva, há opções com botões ou com velcro. Elas podem ser lavadas na máquina.

Os recheios laváveis são de formato semelhante ao absorvente feminino e podem ser de diversos materiais como malha, flanela, toalha, microfibra, cânhamo, bambu, etc. As fraldinhas convencionais de pano podem ser usadas como recheio – assim como toalhinhas de lavabo, que podem ser recicladas para este fim. Nesse caso, o ideal é passar uma costura em zigzag em volta delas para não desfiarem. As de microfibra e de cânhamos são mais absorventes, mas se o absorvente tiver contato direto com o bebê, prefira uma fibra natural 100% algodão ou de algodão orgânico.

Esses recheios ou inserts são colocados na parte de dentro da fralda. Os modelos de fralda que possuem um bolso ou envelope para inserir o recheio são como o fronha e travesseiro, portanto não fazem contato direto com o bebê. Veja o vídeo das Fraldas Di Pano que explica como funciona o ajuste do modelo tamanho único e como inserir o recheio:

Há modelos tudo-em-um em que o “recheio” é costurado à fralda. Nesse caso, não é lavado separadamente.

Já o modelo da fralda da Morada da Floresta é um pouco diferente, pois o recheio é apenas encaixado na fralda e tem contato direto com o bebê. São fraldas tipo “capa”.

A Morada da Floresta recém lançou mais um recurso para impedir o vazamento do xixi, a capa anti-vazamento. Com ela, apenas o recheio e a capa são trocados e a fralda pode ser reaproveitada mais uma vez depois da troca. A capa é impermeável e cria uma barreira lateral. Eles explicam melhor por esse vídeo:

Recomenda-se comprar o dobro de quantidade de recheios (para 10 fraldas, 20 recheios), pois há possibilidade de usar mais de um insert numa mesma fralda. Para as capas, também o dobro, já que ele não deixa passar a sujeira para a fraldinha.

No exterior, há opções de recheio descartáveis e biodegradáveis – mas um pacote custa quase o preço de um pacote de fraldas convencional. Procure por “disposable inserts”.

Existe, ainda, uma cobertura para as fraldinhas, para facilitar a limpeza e o descarte de cocô. Elas são vendidas em pacotes de 50 ou 100 unidades como paninhos úmidos ou em rolos parecidos com papel higiênico. Esse papel não entra no “bolso” da fralda, deve ser a camada mais próxima do bebê. Nos Estados Unidos, há vários fabricantes de “liners”. No Brasil, a DiPano vende um rolo de “forrinho biodegradável” feito 100% de fibra de bambu chamado de Bioliner DiPano. Podem ser jogados em vaso sanitário depois de usados.

forrinho

Sem o forrinho, uma ducha especial pode ajudar a despejar os resíduos no vaso antes de lavar a fralda. É o diaper spray, bem parecido com a ducha higiênica.

Outro produto bacana para completar o kit ecológico são os sacos impermeáveis para armazenar fraldas usadas. São vendidos pela Fraldas Di Pano, Fralda Madrinha e pela Morada da Floresta.

Saiba Mais
Leia um manual completo sobre fraldas de pano neste outro blog de mamãe sustentável.
Assista a esta entrevista com uma mamãe que explica vários modelos de fralda, desde o mais antigo.
Veja o passo-a-passo (em fotos) de como usar fraldas de pano tradicionais.
Conheça os tipos de fraldas de pano (em inglês).
E dois tutoriais completos sobre prefold diapers: um aqui e outro aqui.