Mural vivo

mural_antesdepois

Alguns pregos, um barbante, um martelo, uma tesoura. Precisamos apenas disso para montar um mural vivo para exibir as artes das crianças. Nunca mais vai usar fita crepe ou durex para prender um desenho na parede. E ainda decora a casa.

Não precisa nem de prendedores! Dependendo de como for fixado, o próprio barbante segura o papel, só passar por trás. Como os prendedores podem ser bonitinhos (de madeira decorados ou bem pequeninhos), são irresistíveis – e exercitam a articulação e a força das mãozinhas.

materiais

Usei esses pregos simples que já tínhamos em casa. E descobri o seguinte: se ao martelar ele começar a entortar, não insista. Pode ter encanamento atrás ou ser uma parede mais complicada. Nesse caso, prefira outro cantinho da casa.

E o melhor: é muito fácil para um adulto fazer em casa. Não precisa ter medo de martelo, nem ter furadeira. Esses preguinhos simples funcionam. Até eu consegui fazer sozinha 😉

Usei esse barbante que a vovó comprou e eu adorei, bem coloridinho e ecológico:

barbante

Você pode escolher o desenho ou só fazer um varal em vez de mural. Optamos por um ziguezague irregular na medida do móvel dos brinquedos. Mas poderia ter feito bem maior, mais horizontal e até ter usado menos barbante. Calcule o espaço que você tem e veja quantas folhas de ofício consegue pendurar para ter uma noção de tamanho.

Minha referência foi este mural que minha amiga Renata fez para as filhas dela:

Rê

Mãos à obra! Muita arte pra vocês!

 

Leia também:
Solução para os ouvidos – outra dica valiosa que aprendi com a Rê

Advertisements