As fases e as fraldas

verao_fralda

Agora no verão é a melhor época para começar a usar fraldas de pano. No calor, só a fralda já veste a criança. No máximo, mais um vestido para as meninas ou uma camiseta para os meninos para completar o look. Assim, o vazamento, que é a queixa mais comum ao começar a usar, não incomoda tanto, sem sujar as roupinhas. Se o bebê já passou dos seis meses, não é tarde para começar, é até mais fácil: o cocô começa a ficar mais sólido, sendo simples a remoção e limpeza.

Acompanhe as fases que já passamos:

RN
Nos primeiros 28 dias, usamos majoritariamente fraldas biodegradáveis descartáveis que ganhamos de amigos. As fraldas de pano ainda eram grandes então. Já existem fraldas de pano (modernas) bem pequenas brasileiras, mas não “crescem” com o bebê. Alguns modelos tamanho único estrangeiros podem ser usados desde muito cedo, regulando altura e largura da fraldinha – e agora já existem modelos brasileiros assim. Também não demorou muito para usarmos o tamanho pequeno da Fralda Bonita, aos 20 dias já estava experimentando.

Dessas menores, que são tamanho P (não RN), uma demorei pra me dar bem, não sei se pelo ajuste na perna que ainda era grande ou porque estava impermeabilizada – era o modelo de barreiras 3D. A outra, toda de algodão, foi mais fácil. Essa que deu bem certo no começo, no entanto, foi a primeira que paramos de usar, mesmo tendo fechamento em velcro. A 3D, hoje, aos 8kg, com fechamento em velcro, ainda cabe (agora que fizemos as pazes e começamos a nos acertar, tá ficando pequena).

Amadurecimento
A fase do mecônio é bem curta. Depois, o bebê faz cocô várias vezes ao dia. Apenas alimentado no leite materno, ele pode ser mole e passar a diminuir a freqüência – uma vez ao dia ou menos. Aos poucos, o cocô vai mudando de cor e textura, mesmo que o bebê esteja exclusivamente mamando no peito.

Nós gostamos de alternar as fraldas biodegradáveis com as de pano, priorizando o uso do pano em casa e durante o dia. Tentávamos adivinhar a hora do cocô. No começo, parecia que as fraldas de pano eram as preferidas para o “número dois”. Nessa fase, que era inverno, funcionou muito bem a fralda noturna da Morada da Floresta.

A partir do final do primeiro semestre
Quando você já acha que domina o cocô, o horário do cocô, lavar as fraldas, esculhamba tudo de novo. Com a chegada dos dentinhos, ainda que antes da introdução de alimentos, o bebê pode voltar a sujar a fralda com cocô várias vezes ao dia, ter diarreia e vir tanto, tanto cocô que não há fralda que não vaze, mesmo que não seja de pano.

Em compensação, na introdução de alimentos (e preparando a papinha na panela de ferro), o cocô fica tão mais durinho que fica muito mais fácil de lidar com as fraldas de pano. É um alívio pra quem já está craque no assunto e um ótimo momento para quem nunca ousou experimentar – nunca é tarde para começar. O cocô vai fácil para a patente, pode até rolar no chão e sobra pouca sujeira para limpar.

Aí a empolgação de uma ou duas semanas se vai: é hora de experimentar mamão. Se a mãe comer mamão e o bebê também então… Amolece tudo de novo. E o cocô começa a ter várias cores e cheiros.

Dicas da Ana Paula Silva, diretora da Morada da Floresta e fundadora das fraldas Bebês Ecológicos, para uma boa adaptação às fraldas de pano:
– o absorvente deve estar ajustado na largura da fralda e sempre dentro da fralda;
– experimente usar a capa anti-vazamento;
– se for menino, certifique-se se o absorvente está posicionado mais na parte frontal e posicione o pintinho para mirar para dentro da fralda ou capa;
– certifique-se se a fralda está bem ajustada ao corpo do bebê, não ficando larga;
– estabeleça uma frequência de trocas de acordo com o ritmo de evacuações do bebê, aos poucos vai reconhecer uma fralda muito cheia;
– experimente trocar a cada 2h, protegendo a pele do bebê e facilitando o desfralde;
– assista ao vídeo sobre como ajustar a fralda de pano.

As fraldas de pano preferidas experimentadas em todas as fases:

BumGenius
Tivemos problemas de vazamento com todas as fraldas – às vezes porque estava folgada na perna, geralmente porque estava impermeabilizada. Com a fralda pocket tamanho único da BumGenius, no entanto, não lembro de ter problemas. Desconfio que o segredo deles seja o material – por fora, um tecido fosco e elástico que facilita fechar com os botões de pressão; por dentro, um tecido absorvente fininho, que não fica impermeabilizado tão fácil. Mesmo assim, na própria etiqueta da fralda, que fica pendurada do lado de fora, recomendam usar na lavagem 1/4 da medida de sabão recomendada pelo fabricante (do sabão) – exatamente, instruções de lavagem em letras miúdas mas bem visíveis (do lado de fora da fralda). Temos uma só, lisa, na cor lilás bem clarinho, e vários recheios de microfibra. Ela vem com um recheio de microfibra, mas muito fininho. Recomendo comprar separadamente os absorventes, que cabem em outras fraldas também. E mais: esses absorventes são perfeitos para os guris, pois vêm com botão de pressão para poder dobrar e deixar mais fofo na frente. Fraldas fabricadas entre Estados Unidos e Egito, absorventes de microfibra feitos na China ou no Egito.

20140108-111420.jpg

BumGenius

GoGreen
Custo-benefício, um dos melhores entre as fraldas de pano nos Estados Unidos. “Made in China with love” (assim consta na etiqueta), mas criada no Colorado. As estampas são lindas e modernas, com cores fortes. O tecido denuncia a fabricação chinesa: sem elasticidade, não é fosco, é até meio brilhoso – apesar das estampas bem modernas, lembra muito um tecido tradicional chinês. O que mais me incomoda é o logotipo, bem grande e posicionado em destaque no bumbum, nada discreto – nas fotos de venda não parece que é tão grande. Mas é tamanho único, tem várias alturas, podendo ser usada em bebês bem pequenos, provavelmente em recém-nascidos também (compramos depois). Os botões de pressão são coloridos, para facilitar o fechamento (são de plástico e um pouco duros de fechar, mesmo em relação às fraldas brasileiras). Vem com um recheio de microfibra, que é um pouco menos concentrado que os absorventes de microfibra extras da BumGenius, mas é bom igual. Tem abertura na parte da frente e de trás do bolso, bem prático pra acomodar o recheio. Tem uma barreira interna que lembra as fraldas descartáveis e facilita encaixar uma capa com outro absorvente se quiser. Já tivemos vazamento com essas fraldas, mas não é sempre que acontece.

20140108-171445.jpg

GoGreen: como vendem e como é

Fralda Bonita
São lindas e com preço justo, fabricadas em Gramado/RS. Oferece várias opções de fechamento – adorei o fechamento em velcro, estendeu o tempo de uso de alguns modelos. Não tem tamanho único. As fraldas Tutti, de algodão, são boas para usar se o bebê pegou algum fungo – se passar um pouco de pomada não vai impermeabilizar tão fácil -, mas não segura o xixi por tanto tempo quanto as outras. A +Sek tem facilidade para impermeabilizar, mas quando está com sua capacidade total de absorção é ótima e não demora tanto para secar quando lavada. A Windy do modelo original, com a parte interna furadinha e externa de um tipo de Tactel, é minha preferida – também pode ser usada como biquini, sozinha, e é a que seca primeiro no varal (e logo que sai da piscina, se usada sem recheio). Meu jeito preferido de usar qualquer Fralda Bonita é com dois recheios enxutos dentro de cada fralda pocket: um sobre o outro, com os lados de microfibra pra fora e de algodão para dentro (criando mais uma barreira impermeável embaixo e deixando a camada de cima sempre sequinha).

A Bettina Launtterbach é bem acessível e tira dúvidas por e-mail. Tem um blog das fraldinhas também.

piscina

Windy fase A sem absorvente

Morada da Floresta
Experimentamos apenas a Dry Fit, com tecido de biquini e capa anti-vazamento, e a noturna pocket com absorvente noturno. A noturna é maravilhosa, resiste a muitas horas de xixi, então pode ser usada quando o bebê emenda a noite dormindo. A Dry Fit demorei mais para começar a usar porque era mais larga na perna, mas o legal é que ela também pode ser usada sozinha, como biquini (como na foto do topo deste post). Observe que os modelos variam de acordo com as marcas (e os nomes dos modelos também) – a Dry Fit dos Bebês Ecológicos lembra a Windy da Fralda Bonita (e não a +Sek).

A Ana Paula Silva, fabricante, é de São Paulo/SP e tem uma comunidade no Facebook onde as mães trocam dicas, tiram dúvidas e vendem fraldas usadas da marca.

20140108-170701.jpg

fralda noturna

Adoraria experimentar mais marcas e modelos, especialmente as feitas em algodão orgânico, fibra de bambu ou os absorventes de cânhamo. Como nunca é tarde para recomeçar, estou louca para experimentar na Dora a fralda tamanho único recém-lançada, das Fraldas Ecológicas Biolinum, que tem fechamento em botão de pressão e velcro (não precisa escolher). E também o forrinho de bambu degradável da Biolinum.

Pra quem quer mudar para a fralda de pano:

Fralda Ecologica Commercial-V1 325x325

Saiba mais:
A causa que motivou este blog: fraldas
Como funcionam as fraldas de pano
Os recheios das fraldas
Derrubando mitos e bactérias
A lavagem das fraldas
Usar ou não usar fralda de pano durante um tratamento contra infecções

3 thoughts on “As fases e as fraldas

  1. Oi Lu,
    estamos usando desde que pequeninha só a de pano e estamos bem satisfeitos. Uso sempre a capa protetora, chamo assim, pois isola e evita o vazamento. Quanto à introdução de alimentos, estou bem curiosa e tb pra ver as mudanças no cocô!
    Bjs e saudades,
    Marília

  2. Marília, em março quero conhecer as fraldas de pano croatas. Pelo que me contas, a “capa” vai por fora da fralda. E aqui usamos uma capa para o absorvente, que não vai no bolso da fralda, mas ainda vai por dentro. Por fora, só conheço as fraldas-capa que eram usadas para as fraldas de pano tradicionais, será que é mais parecida com essas? Beijos!

  3. Pode deixar que as conhecerá!
    Sim, é uma capa de plástico ou algo assim que vai por fora e evita que a fralda molhada entre em contato com a roupinha.
    Essa que tu tá falando eu não sei como é.
    Beijos!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s