Passeio de domingo em SP

dora_minhocao
Domingo passado experimentamos, apenas eu e Dora, atravessar todo o trajeto do Minhocão, ida e volta, para chegar a pé até a feira de orgânicos do Parque da Água Branca. Quem quiser seguir a dica, aproveite o sol em São Paulo e confira o último dia do Festival de Gastronomia Orgânica. Na programação do evento, tem cursos para crianças.

Para minha surpresa, semana passada, vimos vários carrinhos de bebês pelo caminho. Inclusive um pai correndo com um carrinho de jogging, com um bebê bem feliz. Confesso que a ida foi muito mais tranquila do que a volta. A Dora também cansou. Ir sozinha com o bebê foi um tanto ousado da minha parte, mas foi totalmente possível. Talvez com companhia ou ficando mais tempo no parque no intervalo, facilite o caminho de volta.

Na ida, quase não fizemos paradas. Apenas para checar se ela estava bem e pra eu tomar mais água. Logo na entrada do parque, um pitstop para mamar um pouquinho, no primeiro banco que vimos, em meio às galinhas. Os bichinhos domésticos ainda não chamam a atenção dela, perto dos seis meses, mas as galinhas e os pintinhos, sim – isso que ela nem sabe o que é Galinha Pintadinha. Depois da feira, mamãe fez um “brunch” orgânico, enquanto amamentava a Dora.

Na volta, ela estava mais impaciente. Revesamos entre carrinho, colo e sling. Uma parada pra água de coco no Minhocão. Parada pra trocar fraldas no carrinho. Ela tentou ajudar a empurrar o carrinho do colo, mas estava pesado com o “rancho”. Uma ajudinha para empurrar até chegar em casa seria bem-vinda! Mas deu tudo certo.

Fora essa questão, um ponto bem difícil é o acesso. A saída do elevado na Av. Francisco Matarazzo é bem complicada para passar com carrinho. Precisa ter muito cuidado e, infelizmente, andar pelo meio da rua mesmo para chegar à calçada. No domingo, pelo menos, o movimento de carros nesse horário do final da manhã costuma ser reduzido.

High Line Park

Foto: Kwong Yee Cheng

O ideal seria que o Elevado Costa e Silva, nome completo do Minhocão, esse viaduto de 3.4 km de extensão, fosse mais verde, com áreas de sombra ou mais confortáveis. Sem eliminar a passagem de carros durante a semana, fica difícil transformá-lo, segundo urbanista norte-americana que visitou o local. Em Nova York, o High Line é um parque sob linha de trem aérea desativada e uma ótima inspiração – recém foi eleito um dos dez jardins mais belos do mundo.

Veja também:
Imagens do projeto do Elevado Costa e Silva no Acervo da Folha
Uma sugestão para o domingo em Porto Alegre (hoje ainda)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s