Crianças brasileiras merecem um país melhor

1010731_168635019980866_1075171861_n
O objetivo deste blog é compartilhar soluções possíveis, não fazer denúncia. No entanto, para garantirmos um mundo melhor, precisamos nos manifestar. Por isso apoio os movimentos que estão sendo realizados nas ruas brasileiras e a campanha #protestomaterno.

Para o país começar a mudar, os ministérios precisam entrar em comum acordo. Assim como o governo federal deve se comunicar melhor com os estados e municípios. E o povo tem o direito à real participação.

O Ministério da Saúde afirma que o aleitamento materno deve ser feito com exclusividade até os seis meses de idade e defende a livre demanda. As empresas já podem oferecer seis meses de licença maternidade, mas a Previdência Social subsidia apenas 120 dias de salário maternidade a seus contribuintes. O valor da contribuição mensal ao INSS, principalmente para contribuintes individuais, é proporcionalmente muito alto em relação ao valor do salário mínimo recebido. No retorno ao emprego, a lei só permite dois períodos de 30 minutos diários para as mães lactantes trabalhadoras amamentarem seus bebês, totalmente incoerente.

O Ministério da Saúde, ainda bem intencionado, criou uma caderneta de saúde da criança, à qual toda criança brasileira teoricamente tem direito. Porém, ela não é distribuída em postos de saúde, e a responsabilidade é das secretarias municipais de saúde (o Ministério da Saúde se abstém de responder ao cidadão, encaminhando o assunto aos municípios), que sequer são acessíveis por contato telefônico.

Além disso, se não estiverem cientes de seus direitos, gestantes, lactantes e portadores de crianças de colo não são tratados com prioridade em estabelecimentos públicos, mal sinalizados e com funcionários sem treinamento. Sem falar em falta de vagas em creches, na qualidade do ensino, nas calçadas, entradas de agências bancárias e de parques ou praças sem acessibilidade, e outras tantas questões primárias.

Leia na íntegra o manifesto do #protestomaterno:

“O Protesto Materno surgiu da vontade de mães fazerem algo pelo país, já que nem todas podem ir para as ruas com o seu filhote. O movimento começou com a adesão de mães blogueiras (mais de 150), que postam em seus blogs nessa sexta-feira suas visões e opiniões sobre o movimento legítimo e democrático que toma conta das cidades! O protesto reúne outras centenas de mães conectadas – que já estão divulgando o manifesto virtual via redes sociais – e as que decidiram levar essa união materna de volta para as ruas.

O intuito é engrossar as manifestações pacíficas que estão acontecendo pelo Brasil, apoiando mudanças além dos 20 centavos e que, sem dúvida, podem fazer da nação verde-amarela um lugar melhor para nossos filhos. Lutamos por educação, saúde, segurança, menos impostos, um basta a corrupção e impunidade.

Nem precisa ser mãe para divulgar o banner e a tag #protestomaterno, criados para representar a iniciativa – que pertence a todas as famílias brasileiras! Mas que fique claro; isso não é apenas a circulação de um banner bonitinho; é a união de pessoas realmente preocupadas com o futuro dos filhos!

Já são mais de 150 blogs maternos participantes, com o apoio de movimentos nas ruas de várias cidades. Nesta sexta-feira, às 10 horas da manhã, haverá um twitaço para balançar esse país!

Porque quem disse que mãe só entende de fralda?! Mãe entende do futuro dos filhos e quer o melhor para eles! Vem com a gente! Ajude, compartilhando, escrevendo, divulgando os links e acompanhando pela tag #protestomaterno! Também usamos #mudaBrasil #acordabrasil #vemprarua #ogiganteacordou.”

Advertisements

One thought on “Crianças brasileiras merecem um país melhor

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s