Rancho e crianças na bici

nihola-triporteur

Em Copenhague, na Dinamarca, 55% dos cidadãos pedalam, em média, 3km diariamente. Cerca de 20% das famílias têm uma bicicleta de carga. É criação dinamarquesa a Nihola, uma bici de três rodas capaz de carregar com segurança duas crianças (de até 7 ou 8 anos) e as compras – pelo menos um engradado de cerveja.

nihola3kids

Nihola

imagens: divulgação

Apesar das três rodas, é leve e sua manutenção é como a de uma bicicleta comum. Cinto de segurança e capa de chuva são alguns dos acessórios da Nihola Family, o modelo para levar as crianças.

Criada em 1998, é vendida em diversos países europeus e na América do Norte. Há também outros modelos da Nihola para transporte de animais de estimação e até cadeiras de rodas.

Se você for visitar Copenhague, procure uma locadora de biciletas e experimente o modelo “família” para passear pela cidade.

Absorventes ecológicos para mamães

absorventes ecológicos

absorventes ecológicos

Após o parto, as novas mamães precisam de muitos absorventes. Protetores de calcinha e para as mamas.

Como o modelo tipo tampão não é recomendado para conter o sangue e os líquidos do parto (principalmente na recuperação de um parto normal ou natural), a solução é o modelo convencional, preferencialmente do tipo noturno. Calcula-se, porém, que se use de 8 a 10 mil absorventes descartáveis durante a vida fértil da mulher, e eles demoram cerca de 100 anos para se decompor. A solução são os absorventes femininos ecológicos, os ecoabsorventes. Esse forro de calcinha é vendido em tecido felpudo, com abas, pela Morada da Floresta. Ele pode ser facilmente levado na bolsa, embrulhado nele mesmo. Basta fechar com os botões que prendem as abas na lingerie. Ou podem ser guardados em saquinho impermeável. São bonitos e resistentes.

Para os pingos de leite, recomendo os discos absorventes para amamentação da Fralda Bonita. Eles têm várias camadas de absorção, então algumas vezes ainda é possível usar o lado inverso antes de trocar o absorvente – lembrando que o bico do seio não deve ficar em contato com o tecido molhado. Os pares de absorventes da Fralda Bonita já vêm em saquinho impermeável para armazenamento.

Experimentei também os nursing pads (protetores mamários/absorventes de seio) laváveis de algodão orgânico da TL Care. São incrivelmente macios e não machucam o bico irritado. No entanto, são muito finos e não seguram o leite por muito tempo, deixando passar o líquido e manchar a blusa. Se usar para sair, preste atenção para substituir os pads com frequência.

Outra opção são as conchas ou breast shells de silicone. O modelo da Philips Avent é interessante para evitar empedramento das mamas: na base, há pequenas saliências que incentivam a saída do leite. Devem ser usadas com a tampa furadinha para ventilar e deixar a pele respirar. Este modelo é indicado para mamilos machucados ou com fissura, protegendo o bico do contato direto com o sutiã. Entretanto, cuidado: não use para dormir ou sair, pois facilmente vaza e deixa o leite escorrer.

Experimentei: cinta pós-parto da DemillusMed

Como imaginar que a cinta entraria depois de uma barriga dessas?

Como imaginar que a cinta entraria depois de uma barriga dessas?


Vale a pena. Já havia comentado sobre o uso em post anterior, agora recomendo. Ajuda bastante na segurança para movimentação – se inclinar, levantar, sentar – nos primeiros dias em casa.

Tive dificuldade para colocar pela primeira vez, na saída da maternidade, 48h após o parto. Mas é mais simples do que parece: a cinta é mais elástica do que aparenta, e nossa barriga fica também mais flexível.

Não cheguei a usar as alças que acompanham a cinta.

PS: Gostaria de deixar claro que em 10 dias minha barriga tinha reduzido incrivelmente, me permitindo voltar aos jeans, mas devido à amamentação e ao parto normal.