Pacotes de presente

20131211-053731.jpg

Já repararam no excesso de embalagem em quase tudo que consumimos? E nos pacotes de presente? Um exemplo bem comum: o produto vem embalado numa caixa, que por sua vez está lacrada com uma embalagem plástica; ganha um saquinho de presente cheio de enfeites, que é levado dentro de uma sacola. Não precisa de tanta coisa para o pacote ficar bonito!

Trago três sugestões de pacotes de presente para este Natal:


1. Papel pardo (kraft)

20131211-054212.jpg
Essa embalagem é boa de fazer com criança ou para bebês. A criança pode desenhar sobre o papel. Os bebês vão adorar abrir e rasgar o pacote. Vejam como pode ficar elegante. Eu adoro colecionar fitas mimosa ou pedaços de fita. Apenas uma fita bem colorida e bem amarrada, com um laço bonito é o suficiente para deixar o presente lindo e chique. Ou uma folhinha pra decorar.

O papel pardo ou kraft natural é vendido em rolo. Atualmente, um rolo de 80g, com 60cm de comprimento, com 150m, custa uns R$ 40,00.


2. Sacola de papel pardo (kraft)

20131211-054513.jpg

Não precisa de um pacote de presente dentro da sacola, ela já é a embalagem. Para finalizar e fechar, você pode usar um prendedor de roupa de madeira, que você mesmo pode decorar. Você pode prender um cartãozinho de Feliz Natal com o prendedor, que terá vários usos depois: prender pacotes de alimentos, pendurar desenhos num varal ou mural vivo, deixar a criança usar a criatividade.

Fácil de encontrar. Cada unidade do tamanho médio (tipo A4) na papelaria do bairro custa R$ 2,00.

Me inspirei em uma loja de produtos infantis do Itaim, em São Paulo, onde minha irmã adora comprar presentes para a Dora. Eles ainda usam um pacote plástico da loja, que eu acho totalmente desnecessário, porque fecham com um prendedor lindo decorado e colocam numa sacola de papel.


3. Tecido

20131211-054311.jpg

Essa técnica de dobradura de tecido para fazer um pacote de presente é chamada de furoshiki. É quase um origami, não precisa de costura e é bem simples de fazer. Na minha opinião, é a embalagem mais sustentável, porque não gera lixo – pode ser reaproveitada inúmeras vezes. Se o presenteado não quiser embalar outros presentes assim, pode usar a criatividade para usar o pedaço de pano. A relação custo-benefício não é questionável.

Para a maioria dos presentes, o tamanho médio deve ser um tecido de aproximadamente 60 x 70cm. Ou seja, dependendo do comprimento da peça (que costuma ser perto de 1,40m), você leva pouco mais de meio metro (o mínimo que as grandes lojas de tecido costumam vender) e já embala dois presentes. Se escolher um tecido nacional 100% algodão em saldo, cada pacote te custará até menos do que qualquer sacolinha de papel e ficará bem mais elegante.

Em São Paulo, tenho duas lojas preferidas de tecidos. A Fernando Maluhy é um grande fabricante e revendedor de tecidos de algodão – de onde você vê a maioria das estampas das feirinhas de artesanato. Abre só durante a semana, são bem organizados e ocupam dois andares do topo de um prédio da 25 de março, com entrada pela Basílio Jafet, numa esquina quase em frente da Ladeira Porto Geral (bem pertinho da saída do metrô, no quarteirão dos tecidos). A Center Fabril abre aos sábados, tem variedade de tecidos (assim você não precisa ir na 25 e no Bom Retiro para comprar), preço bom e são bem atenciosos. Fica embaixo do Minhocão, pouco antes do túnel que vai para Pompeia (sentido Centro-bairro).

Vou aderir a essa técnica em grande parte dos presentes deste Natal. Veja como fazer neste link ou com este vídeo:

About these ads

4 thoughts on “Pacotes de presente

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s